Conceito de alternativa


Ago 15, 13

Alternativa, termo de origem francesa (alternative), é a opção existente entre duas ou várias coisas. Uma alternativa, como tal, é cada uma das coisas entre as quais se pode escolher. Exemplos: “Vou ter de vender o carro, não tenho outra alternativa”, “A melhor alternativa que tens é contratar o serviço de telefone, Internet e televisão por cabo com a mesma empresa”, “Se a chegada do treinador não se verificar, o clube pondera outra pessoa como alternativa”.

Pode-se entender como alternativa a possibilidade ou algo que está disponível para escolha. Se uma pessoa for a uma loja com o intuito de comprar uma camisa e houver cinco diferentes à escolha, esse consumidor terá cinco alternativas para realizar a sua compra, ou então terá a alternativa de vir embora sem comprar nada caso não lhe agrade nenhum produto.

O efeito de alternar (fazer ou dizer algo em retorno, ou a sucessão de coisas) também se conhece como alternativa.

Quando o conceito tem a sua origem no francês alternatif, alternativa é aquilo que se diz ou faz com alternação ou que é capaz de alternar com uma função igual ou semelhante: “Temos de arranjar uma máquina alternativa para completar a produção antes que expire o prazo”, “O governo manifestou a sua intenção de promover o uso de energias alternativas para proteger o meio ambiente”.

Nas actividades culturais, o alternativo é aquilo que se contrapõe ou é bastante diferente do modelo aceite pela sociedade: “A minha tia não se trata nos hospitais convencionais por confiar nas medicinas alternativas”, “O meu irmão toca baixo numa banda de música alternativa”.