Conceito de área




Out 03, 11 Conceito de área

Do latim arĕa, o conceito de área refere-se a um espaço de terra que se encontra compreendido entre certos limites. Neste sentido, uma área é um espaço delimitado por determinadas características geográficas, zoológicas, económicas ou de outro tipo.

O termo área também é usado como sinónimo de campo, na medida em que é um campo de acção ou de estudo. Por exemplo: “Não te posso responder a essa pergunta uma vez que corresponde à área das ciências físicas e eu sou sociólogo”.

Em termos geográficos (nos mapas, por exemplo), entende-se por área toda e qualquer projecção de uma parte (um país, um continente, um oceano, etc.) da superfície terrestre, desde que seja num plano horizontal. Ainda na geografia, existem as chamadas áreas protegidas, em que é preservado o ecossistema (a diversidade biológica) através de meios legais. Por fim, mencionaremos a área metropolitana, que é uma região urbana cujos municípios, para além de terem necessidades e serviços em comum, formam uma mesma comunidade socioeconómica. Exemplo: “Resido na área metropolitana de Lisboa, pelo que tenho acesso a tudo”.

Para a geometria e a própria matemática, uma área é a superfície compreendida dentro de um perímetro, cuja unidade de medida mais conhecida (e mais utilizada) é o metro quadrado. Existem várias fórmulas para calcular a área das diversas figuras geométricas, como os triângulos, os quadriláteros, os círculos e as elipses.

Finalmente, convém frisar que, em determinados jogos e desportos, a área é a zona que se encontra precisamente em frente à meta (à baliza, por exemplo). Esta zona é uma das mais importantes na dinâmica do jogo, na qual são contemplados castigos especiais perante as faltas cometidas na mesma, daí as designações pequena área e grande área. No futebol, por exemplo, se um jogador cometer alguma falta dentro da área que defende a sua equipa, será então punido (pelo árbitro) com um penalti (ou grande penalidade), que é um chuto de bola que se efectua sem barreiras (isto é, sem jogadores que se interponham entre o atleta que chuta a bola e o guarda-redes) a partir de um ponto situado a onze metros da linha de golo.