Conceito de argumento


Abr 27, 13

Argumento é um termo que deriva do vocábulo latim argumentum. Trata-se do raciocínio que se utiliza para demonstrar ou comprovar uma proposição ou para convencer outra pessoa daquilo que se afirma ou se nega.

Exemplos: “Antes de te enervares, deverias ouvir os meus argumentos”, “Não podes defender uma ideia semelhante sem qualquer argumento”, “O argumento dado pelo gerente para explicar a decisão não convenceu uma única pessoa”, O Dr. Lopes está convencido de que o seu argumento irá permitir obter o benefício”.

O argumento é a expressão, seja oral ou escrita, de um raciocínio. Permite justificar algo como sendo uma acção razoável com duas finalidades possíveis: persuadir outro sujeito (para promover uma determinada acção) ou transmitir um conteúdo com sentido de verdade (fomentando o entendimento).

Através dos seus argumentos, o locutor deve ser coerente e consistente, e não apresentar contradições. Só deste modo conseguirá cumprir com os seus objectivos. Caso contrário, corre o risco de ser contestado ou rejeitado pelo receptor.

Para a lógica, um argumento é um conjunto de premissas seguidas de uma conclusão. Quando esta conclusão resulta necessariamente das premissas, trata-se de um argumento dedutivamente válido.

Outro uso de argumento está relacionado com a matéria ou o assunto que é tratado numa obra. Quando uma pessoa narra o argumento de um filme ou de um livro, o que faz é expor as ideias e acções principais: “É uma comédia muito bem interpretada, mas com um argumento previsível”, “O argumento do novo filme do realizador causou uma grande polémica no mundo árabe”.