Conceito de assertividade


Jun 17, 11

A assertividade é uma estratégia de comunicação que se encontra como ponto intermédio entre dois comportamentos opostos: a agressividade e a passividade (ou a não-assertividade). Os especialistas definem-na como sendo um comportamento comunicacional de maturidade em que o sujeito não agride, não ofende nem desrespeita, mas também não se submete à vontade de outras pessoas; em contrapartida, exprime as suas convicções e defende os seus direitos.

Esta estratégia comunicacional está vinculada à alta auto-estima, embora também possa ser parte de um processo de desenvolvimento emocional. A assertividade supõe expressões conscientes, directas, claras e equilibradas, com o objectivo de comunicar as nossas ideias e os nossos sentimentos ou defender os nossos legítimos direitos sem a intenção de ofender. Por isso, quem age com base na assertividade, fá-lo com autoconfiança e não com emoções relacionadas com a ansiedade ou com a fúria, por exemplo.

Entre os benefícios da assertividade, convém destacar que favorece a confiança na capacidade expressiva, potencia a auto-estima, contribui o bem-estar emocional, melhora a imagem social, promove o respeito pelos outros e possibilita as negociações e a satisfação dos objectivos que dependem da comunicação.

A assertividade recorre a distintas técnicas verbais, entre as quais se encontram a do “disco riscado” (consiste em repetirmos a mesma resposta as vezes que forem necessárias para vencer a pressão exercida pelos outros, conseguindo assim expressarmos aquilo que queremos da outra pessoa), a do “edredão” (consiste em respondermos de forma a darmos parcialmente a razão ao outro, consoante estejamos de acordo com a sua opinião ou se se tratar de um facto indiscutível), a assertividade positiva (expressões de autêntico afecto e apreço por outras pessoas) e a assertividade negativa (quando sabemos aceitar uma crítica, mostrando vontade de corrigir o erro).