Conceito de assimilação


Out 30, 14

A assimilação é o resultado da acção de assimilar. Este verbo pode ser usado em diversos âmbitos, referindo-se a compreender algum dado e integrá-lo aos saberes prévios ou à incorporação de certos componentes a um todo.

Na biologia, a noção de assimilação diz respeito a um processo do metabolismo que consiste em sintetizar moléculas complexas através de outras moléculas de estrutura mais simples.

A assimilação alimentar, neste sentido, consiste na transformação das proteínas, dos hidratos de carbono e outros componentes dos alimentos em substâncias que possam ser absorvidas pelo organismo.

A assimilação genética, por outro lado, é o procedimento que se desenvolve a partir da selecção natural e que consiste numa reacção fenotípica face a um componente ambiental. Graças a este processo, o genótipo assimila o factor do ambiente e torna a sua resposta em algo independente do meio envolvente.

É possível falar de assimilação cultural quando uma comunidade ou uma colectividade se integram a um grupo maioritário (dominante) e adquirir as suas mesmas características ou costumes. Desta forma, a comunidade que se integra à maior acaba por perder ou relegando a sua especificidade.

Cabe destacar que, com sentidos semelhantes, o conceito de assimilação também é usado nos âmbitos da psicologia e da linguística.

Na linguagem diária, por fim, a ideia de assimilação se associa à compreensão ou o entendimento de uma informação. Exemplos: “As crianças estão-se a esforçar muito, mas ainda não conseguiram a assimilação dos conteúdos mais difíceis do programa”, “Uma vez que assimilares a mensagem, poderás dar-lhe uma resposta adequada às suas necessidades”.