Conceito de atónito


Out 11, 14

Atónito é um conceito cuja etimologia nos leva a attonĭtus, que é um termo latino. Trata-se de um adjectivo que permite referir-se a uma pessoa que fica absorta ou estupefacta perante um acontecimento ou uma coisa estranha. O adjectivo atónito, por conseguinte, pode ser usado como sinónimo de surpreendido ou boquiaberto.

Exemplos: “Ao ouvir a pergunta da menina, o professor ficou atónito e não soube o que responder”, “O homem continuou a gritar enquanto os vizinhos, atónitos, não conseguiam perceber o que estava a acontecer”, “Por que razão ficaste atónita? Eu tinha-te avisado com antecedência que ia fazer um corte de cabelo muito original”.

A ideia de atónito é associada a um desconcerto. As pessoas, ao observarem ou ouvirem aquilo que produz surpresa, entram numa espécie de estado de choque e não conseguem articular uma resposta. Quando um indivíduo está/fica atónito, não consegue reagir, como se estivesse a processar a informação que o deixou surpreendido para desenvolver logo um comportamento conforme.

Suponhamos que um homem observa um automóvel que vai a circular por uma estrada de terra batida e, num ápice de tempo, capota e cai por uma ribanceira abaixo. A testemunha, à primeira, fica atónita face à magnitude/dimensão do acidente. Depois de alguns segundos, porém, consegue reagir e chama uma ambulância enquanto se aproxima do lugar para tentar socorrer os acidentados.

Habitualmente, depois de sair do estado de comoção, a pessoa dá uma resposta ao sucedido que lhe causou surpresa. Imaginemos um pai que fica atónito se o seu filho o insultar. Ao voltar a si, irá repreendê-lo de certeza e explicar ao menino que este deve sempre dirigir-se a ele com respeito.