Conceito de bem-estar




Nov 14, 11 Conceito de bem-estar

A noção de bem-estar faz referência ao conjunto daquelas coisas que são necessárias para viver bem. Dinheiro para satisfazer as necessidades materiais, saúde, tempo para o lazer e relações afectivas harmoniosas são algumas das questões que constituem o bem-estar de uma pessoa.

Tendo em conta que o conceito de bem é subjectivo, o bem-estar representa diferentes coisas dependendo do sujeito em questão. Algumas pessoas podem dar maior importância ao factor económico (por exemplo, o bem-estar estaria associado a ter um automóvel topo de gama, uma televisão com ecrã plano e roupa de marca), enquanto outras já associam mais o bem-estar ao espiritual (estar em paz consigo mesmo, sentir-se próximo de Deus, etc.).

Entende-se por saúde o estado de completo bem-estar físico, mental e social. Por isso, o bem-estar é, a nível geral, o estado de uma pessoa que permite o bom funcionamento da sua actividade psíquica e somática.

Por outro lado, conhece-se por Estados de bem-estar social as organizações que procuram acabar com as injustiças da economia capitalista, optando antes pela redistribuição da renda e a prestação de serviços sociais estatais pelas classes sociais mais desfavorecidas.

Já, o principal objectivo da chamada economia de bem-estar consiste em proporcionar os serviços e os meios imprescindíveis a todos os sectores da sociedade em nome de uma vida digna.

Politicamente, os partidos de esquerda e os movimentos socialistas moderados que aderem ao capitalismo são os que mais apoiam e sensibilizam para as questões do Estado de bem-estar social e a economia de bem-estar. Os partidos liberais, por sua vez, são mais a favor da redução dos serviços estatais por considerarem que o livre mercado já trata de distribuir a riqueza por todas as classes.