Conceito de bom tratamento


Set 16, 13

O conceito de tratamento refere-se à acção e ao efeito de tratar. Este verbo admite diversas acepções, como a forma de proceder com uma pessoa (seja por gestos/acções, seja verbalmente) ou a forma com as pessoas se relacionam.

Pode-se entender o tratamento como a forma de comunicar ou de estabelecer laços com outra pessoa ou com um grupo de sujeitos. Exemplos: “É um rapaz simpático, muito agradável no tratamento do dia-a-dia”, “Não suporto que os pais dêem esse tipo de tratamento aos filhos”, “Sinto-me cómodo com o tratamento que me dão na empresa, mas não acho que consiga crescer a nível profissional”.

A noção de bom tratamento está relacionada com o tipo de tratamento que é considerado ético ou correcto do ponto de vista moral. Se, por um lado, existe um bom tratamento (aprovado e aplaudido), também há outro tipo de tratamento que é condenável: os maus tratos (ou o abuso).

O bom tratamento a nível familiar consegue-se quando a pessoa dá tempo e espaço para se relacionar com os seus filhos ou com o seu companheiro, com alegria e disposição para descobrir as necessidades do outro.
A nível laboral ou social em geral, o bom tratamento é uma questão de respeito, de solidariedade e de cordialidade. O uso de expressões como “por favor” ou “obrigado” faz parte do bom tratamento.

O bom tratamento, de qualquer forma, não se exprime só através de palavras, uma vez que também pode acontecer através do contacto físico (um beijo, um aperto de mão, um abraço) ou de atitudes (prestar atenção quando outra pessoa fala, deixar passar uma mulher grávida numa fila, apanhar um papel que um idoso tenha deixado cair e devolver-lho).