Conceito de cadeia de valor




Fev 22, 12 Conceito de cadeia de valor

A cadeia de valor é um modelo teórico que descreve como se desenvolvem as actividades de uma empresa. Seguindo o conceito de cadeia, esta é composta por vários elos que formam um processo económico: começa com a matéria-prima e chega até à distribuição do produto acabado. Em cada elo, é acrescentado valor, que é, em termos competitivos, a quantia que os consumidores estão dispostos a pagar por um determinado produto ou serviço.

A análise da cadeia de valor permite optimizar o processo produtivo, uma vez que se pode ver, detalhadamente, passo a passo, o funcionamento da empresa. A redução de custos e a busca de eficiência na utilização dos recursos são os principais objectivos do empresário na hora de rever a cadeia de valor. Deste modo, a empresa consegue ampliar a sua margem (a diferença entre o valor total e o custo das actividades).

Por outro lado, o estudo da cadeia de valor possibilita obter uma vantagem estratégica, já que existe a hipótese de gerar uma proposta de valor que seja única no mercado.

Há especialistas que distinguem dois subsistemas na conformação da cadeia de valor. Uma cadeia de oferta, que inclui os processos associados com a criação da oferta, e uma cadeia de fornecimentos (ou de suprimentos), dedicada à dar resposta à oferta no tempo certo e na forma devida.

Também é possível diferenciar dois tipos de actividades de valor. As actividades primárias são aquelas que estão implicadas com a criação física do produto e a respectiva transferência para o comprador. As actividades de apoio, por sua vez, sustentam as primárias e supõem a participação dos recursos humanos, das entradas e da tecnologia, por exemplo.