Conceito de câmbio




Jul 14, 12 Conceito de câmbio

Entende-se por câmbio (do latim cambium) a acção e o efeito de cambiar. O verbo cambiar, por sua vez, faz referência ao acto de deixar uma coisa ou uma situação em detrimento de outra. Câmbio é sinónimo, em muitos casos, de troca, permuta, substituição ou ainda de conversão.

Existe a possibilidade de cambiar objectos materiais (dinheiro, letras ou metais preciosos) ou simbólicos. Por exemplo: “Aquele homem cambia de opinião como quem troca de camisa. Não se decide!”, “Tens de ir cambiando gradualmente de cor dentro da mesma tonalidade”, “Não me importo de cambiar dois selos da minha colecção de borboletas por um dos teus da Revolução Francesa”.

Por outro lado, a noção de câmbio está essencialmente associada ao dinheiro. O câmbio é o valor relativo das moedas entre países diferentes: “A taxa de câmbio subiu em cerca de 29 cêntimos”, “O câmbio entre o euro e o dólar já não nos favorece”, “O meu tio é agente de câmbio”. Daí também se falar em taxa de câmbio, isto é, o número de unidades de moeda de um país estrangeiro que se obtém em troca de uma unidade de moeda nacional (local).

Enquanto sinónimo de ágio, o termo câmbio também se refere ao lucro (ou prémio) que o cambista recebe pela permutação de valores.

No universo das touradas, dá-se o nome de câmbio à sorte de toureio.

Por fim, ainda num contexto diferente, neste caso na botânica, o câmbio é o nome que se dá à camada de meristema (tecido vegetal constituído por células vivas) que se encontra entre o líber (ou floema) e o lenho (tecidos vegetais que se formam na parte interna de um órgão precisamente pela acção de câmbio).