Conceito de certeza


Jul 02, 13

A certeza é o conhecimento claro e seguro de algo. Quem tem uma certeza está convencido de que sabe algo sem possibilidade de se enganar. No entanto, a certeza não implica veracidade ou exactidão. Na prática, uma pessoa pode afirmar que tem uma certeza, mas a informação pode ser falsa ou errada.

Exemplos: “Não te posso dar a certeza, mas acho que, no próximo mês, poderemos comprar o carro novo”, “A Carla deu-me a certeza de que vai trazer o dinheiro amanhã”, “Tenho a certeza que fiz tudo direitinho”.

Pode-se afirmar que a certeza é a possessão de uma verdade que corresponde com o conhecimento perfeito. A consciência de uma certeza permite afirmar este conhecimento sem receio de dúvida e com confiança plena na validade da informação.

A certeza, por conseguinte, baseia-se numa evidência, ou naquilo que o sujeito toma como uma evidência de carácter irrefutável. A evidência do conhecimento possibilita a afirmação e a possessão da verdade.

O conceito contrário à certeza é a ignorância (ou a incerteza): quando se desconhece algo, não se pode ter qualquer certeza. O grau médio de conhecimento entre a certeza e a ignorância/incerteza é a dúvida (o sujeito crê que o conhecimento é verdadeiro, mas não está em condições de o afirmar).

A dúvida, por conseguinte, surge quando o conhecimento para ter a confiança sobre a sua certeza é insuficiente. O conhecimento, em suma, é imperfeito e a pessoa não possui confiança absoluta na verdade das suas proposições.