Conceito de cirurgia




Nov 02, 12 Conceito de cirurgia

A etimologia do termo cirurgia remonta ao vocábulo latim chirurgĭa, que, por sua vez, tem origem grega. A cirurgia é o ramo da medicina que se dedica a curar as doenças por meio de operações.

Existem diversos ramos da cirurgia. A cirurgia geral encarrega-se das operações gastrointestinais (estômago, baço, pâncreas, fígado, etc.) e das glândulas endócrinas. Também abarca as cirurgias torácicas não cardiovasculares.

A cirurgia traumatológica ou ortopédica tem como objectivo a solução de problemas do aparelho locomotor, tanto das suas partes musculares como das ósseas ou articulares. Estas cirurgias visam reparar lesões agudas, crónicas, recorrentes ou traumáticas.

Por outro lado, a cirurgia plástica é uma especialidade cirúrgica que tem o objectivo de restabelecer ou embelezar a forma de alguma parte do corpo. No que diz respeito ao embelezamento, o ramo especializado recebe o nome de cirurgia estética.

Apesar de as origens da cirurgia plástica não serem claras, certos hieroglíficos encontrados no Egipto levam a crer que as primeiras intervenções para a reconstituição do nariz tiveram lugar no ano 3.000 a.C.

Actualmente, as cirurgias estéticas estão bastante desenvolvidas e são quase uma prática habitual. A sua aceitação social é tão grande que até as meninas mais novas desejam realizar este tipo de cirurgias para imitar os padrões de beleza que são divulgados dia após dia através dos meios de comunicação.

No caso das menores de idade, existe uma polémica em torno da divulgação das cirurgias estéticas. Por isso, a maior parte dos países exigem a autorização dos pais para realizar tais intervenções.