Conceito de comércio




Jul 30, 11 Conceito de comércio

O termo comércio deriva do conceito latim commercĭum e refere-se à negociação que tem lugar na hora de comprar ou vender géneros/bens e mercadorias. Também se dá o nome de comércio a qualquer loja, armazém ou estabelecimento comercial, e ao conjunto ou à classe dos comerciantes.

Por outras palavras, o comércio é a actividade socioeconómica que consiste na compra e na venda de bens, seja para usufruir dos mesmos, vendê-los ou transformá-los. Trata-se da transacção de algo em troca de outra coisa de igual valor (podendo ser dinheiro).

O comerciante é a pessoa singular ou jurídica que vive do comércio, isto é, para quem as transacções comerciais constituem o seu sustento de vida.

Existem diversas classes de comércio. Por exemplo, o comércio retalhista (ou a retalho) é a actividade de compra e venda de mercadorias cujo comprador é o consumidor final (ou seja, a pessoa que usa ou consome o bem em questão).

O comércio grossista (ou por grosso) é a actividade de compra e venda em que o comprador não corresponde ao consumidor final, uma vez que o seu objectivo é voltar a vender (daí o nome revenda) a mercadoria a outro comerciante ou a uma empresa manufactureira que utilize a matéria-prima para a transformar/processar.

Também se pode fazer a diferença entre o comércio interno, que é a actividade realizada por duas pessoas ou empresas dentro de um mesmo país (isto é, que estejam sujeitas à mesma jurisdição), e o comércio externo, que é levado a cabo entre pessoas que vivam em países diferentes. Do comércio externo resultam as actividades de exportação e importação.