Conceito de contabilidade




Jan 31, 12 Conceito de contabilidade

A contabilidade pode ser considerada como uma ciência ou uma técnica que visa fornecer informação de utilidade na hora de tomar decisões económicas. Trata de estudar o património e traduz os seus resultados nas chamadas demonstrações financeiras, que resumem situações económicas.

A contabilidade é considerada uma ciência tendo em conta que fornece conhecimento verdadeiro (sistemático, verificável e falível), e não suposições. O seu desenvolvimento implica a formulação de hipóteses e a construção de teorias que permitem prever e explicar os fenómenos do seu objecto de estudo.

Por outro lado, a contabilidade também é uma técnica, tendo em conta que, com base nos seus procedimentos, se podem processar e aplicar os dados.

Diz-se que o estudo científico da contabilidade teve origem em 1494, na altura em que Luca Pacioli (conhecido como Fray Luca de Borgo Sancti Sepulchri) publicou a sua obra “Summa de Arithmetica, Geometría, Proportioni e Proportionalita”.

Relativamente ao objecto de estudo da contabilidade (o património), este costuma ser representado graficamente em forma de T: na coluna da esquerda, inclui-se aquilo que se deve (Débito), ao passo que, na da direita, consta o Crédito.

Existem dois grandes tipos de contabilidade: a financeira ou externa/geral, que fornece informação sobre a situação financeira de uma empresa aos agentes económicos visados (como é o caso dos clientes, dos investidores e dos fornecedores) e que se encontra oficialmente regulamentada, e a contabilidade de gestão ou interna, isto é, aquela que é usada para calcular os custos e os movimentos económicos no seio de uma empresa.