Conceito de cru


Fev 08, 17

O vocábulo latino crudus chegou ao nosso idioma como cru. O uso mais habitual do termo está relacionado com o alimento que não tenha sido cozido pela acção do fogo ou outra fonte de calor, ou que ainda não esteja no ponto certo.

Por exemplo“Ainda teremos de aguardar mais um bocado para comer, o frango ainda está cru”, “As verduras cruas aportam uma grande quantidade de nutrientes”, “Costumas congelar os bifes crus ou cozinhados?”.

Há produtos que, quando estão crus, não são comestíveis devido à sua textura ou outra característica, ou até porque podem provocar intoxicações. Os hambúrgueres que se confeccionam com carne de vaca e outros ingredientes, só para citar um caso, não devem ser comidos se estiverem crus. Isto deve-se ao facto de a carne moída ou picada poder conter Escherichia coli, uma bactéria que provoca a síndroma urémico hemolítico. Se o hambúrguer for cozinhado correctamente e deixar de estar cru, estas bactérias morrem, e já não podem afectar as pessoas.

Quando o petróleo ainda não tenha sido refinado, por outro lado, considera-se que está cru. O petróleo cru é uma mistura de hidrocarburetos e outros compostos orgânicos que se obtém do interior da Terra. Para que possa ser usada em diferentes âmbitos, esta substância é submetida a um processo de refinamento que produz alterações químicas.

Cru, por último, é usado para qualificar aquilo que se realiza com brutalidade, frieza ou sem contemplações e, ao mesmo tempo que resulta e difícil de tolerar: “O relato cru da vítima comoveu os jornalistas”, “Este ano, temos tido um Inverno bastante cru”.