Conceito de crudiveganismo


Fev 08, 17

Uma pessoa, ao escolher que tipos de elementos deve consumir, adopta um determinada dieta alimentar. Estes hábitos que constituem a sua dieta podem adquirir-se por motivos de saúde, éticos ou de outra natureza.

O crudiveganismo, neste contexto, é a dieta seguida por aqueles que consomem unicamente vegetais crus. Trata-se de uma versão mais próxima do veganismo, cuja essência consiste em recusar ingerir produtos de origem animal.

Um indivíduo crudivegano, por conseguinte, alimenta-se unicamente de vegetais que não tenham sido cozinhados. O seu plano alimentar pode incluir verduras, legumes e frutas, por exemplo, sempre cruas.

A dieta crudivegana costuma ser praticada para respeitar todas as formas de vida animal. Os crudiveganos, desta forma, são contra a exploração das espécies animais, sustentando que é possível alimentar-se de vegetais. Quanto à escolha de alimentos crus, é associada às propriedades que oferecem estes alimentos frescos.

Quando a comida é cozinhada, perdem-se nutrientes e enzimas, o que não acontece se o alimento se mantiver cru. Muitas das vezes estes alimentos crus são passados por água para activar as enzimas antes de serem consumidos.

Dependendo dos crudiveganos, este regime alimentar permite manter-se saudável. Para não sofrer transtornos, é necessário realizar um equilíbrio entre as hortaliças, as frutas, as sementes, os brotos e os restantes alimentos que forem ingeridos.
Por outro lado, para além do respeito pela vida animal, o crudiveganismo promove o cuidado da ecologia: não se gasta energia na cocção da comida nem se destinam recursos florestais à alimentação do gado.