Conceito de cubismo




Mar 19, 13 Conceito de cubismo

O cubismo é uma corrente e teoria estética das artes plásticas e do desenho. Caracteriza-se pela utilização das formas geométricas, como os cubos, os triângulos e os rectângulos.

O movimento nasceu em França e conheceu o seu apogeu entre 1907 e 1914. O termo cubismo provém do vocábulo francês cubisme, que foi proposto pelo crítico Louis Vauxcelles. Este especialista fazia referência aos cubos que apareciam nas pinturas de artistas como Pablo Picasso, Juan Gris e Georges Braque, entre outros expoentes do cubismo.

A partir desta escola estética desenvolverem-se outras vanguardas europeias que revolucionaram o panorama artístico do século XX. Contudo, o cubismo é considerado uma vanguarda pioneira, já que se conseguiu distinguir da perspectiva, o último princípio renascentista que continuava em vigor nos inícios do século.

Os cubistas procuravam descompor as formas naturais e apresenta-las através de figuras geométricas que fragmentavam as superfícies e as linhas. Esta perspectiva múltipla permitiu, por exemplo, reflectir um rosto tanto de frente como de perfil, ambos ao mesmo tempo.

Outra característica do cubismo é a utilização de cores suaves como o verde e o cinzento, principalmente na primeira época do movimento. Com o tempo, os cubistas passaram a incorporar cores mais vivas.

Convém destacar que, fora a pintura, o cubismo chegou à literatura. Os caligramas combinam a poesia com os desenhos, ao organizarem o texto de uma forma particular. O poeta francês Guillaume Apollinaire foi um dos principais criadores do caligrama.