Conceito de descrição




Dez 12, 12 Conceito de descrição

Descrição, com origem no latim descriptĭo, é a acção e o efeito de descrever (representar alguém ou algo através da linguagem, definir algo dando uma ideia geral, delinear, figurar). A descrição fornece informação sobre alguém ou algo, com distinto grau de detalhe.

Exemplos: “A polícia divulgou uma descrição detalhada sobre o aspecto do refugiado para que os cidadãos possam colaborar na busca”, “O cronista fez uma maravilhosa descrição do ambiente que se viveu na marcha”, “O Marco aborreceu-se com o Santiago devido à descrição pouco feliz que fez da situação”, “Só de ouvir a tua descrição da praia, sinto que até estou lá a ver as ondas do mar, deitada numa toalha”.

Pode-se dizer que a descrição é uma representação de algo ou de alguém através da palavra. A descrição inclui uma explicação ordenada e detalhada de distintas qualidades e circunstâncias.

É importante ter em conta que qualquer descrição é subjectiva, pois encarrega-se de representar através da linguagem (escrita ou oral) aspectos parciais de como uma pessoa observa e interpreta a realidade. Um sujeito pode descrever uma mulher como “esbelta e bela”, ao passo que outro indivíduo pode achar e expressar o contrário (“pouco favorecida e fora de forma”).

Num sentido semelhante, um cronista pode falar de uma festa popular descrevendo-a como “pitoresca e animada”, quando outro jornalista se pode referir ao mesmo evento como “caótico e escandaloso”. É possível que em nenhum destes casos se esteja a ocultar a verdade, uma vez que cada pessoa tem uma visão diferente dos acontecimentos e isso incide na descrição de cada um.