Conceito de determinismo


Out 30, 14

Pode-se definir o determinismo como sendo a doutrina ou a teoria que afirma que todos os fenómenos ou acontecimentos estão determinados por algum motivo. Isto implica entender a realidade como a consequência directa de uma causa.

Pode-se aplicar a ideia de determinismo em diversos âmbitos. Na biologia, a ideia de determinismo refere-se à explicação da conduta dos organismos vivos segundo as características dos seus genes. Isto significa que os seres humanos e os animais actuam de acordo com a sua adaptação evolutiva e ao que dita a genética.

O determinismo biológico, em última instância, supõe que as pessoas não são livres, uma vez que se comportam segundo características inatas e hereditárias. Por conseguinte, há indivíduos que teriam comportamentos reprováveis não podendo ser alterados ainda que a sociedade se esforce pela sua readaptação.

No contexto da religião, o determinismo afirma que as acções das pessoas são determinadas pela vontade de Deus. As pessoas não podem actuar de acordo com o livre arbítrio, pois estão sujeitos à predestinação.

A nível económico, por fim, o determinismo tem por base a crença que a sociedade evolui segundo as condições económicas. Qualquer estrutura ou sistema depende da propriedade dos meios de produção e das características das forças produtivas.

O determinismo económico pode apreciar-se no marxismo, que divide a estrutura social numa superestrutura (formada pela política, pela ideologia, pela legislação, etc.) e numa infra-estrutura (as condições materiais e económicas) que a determina.