Conceito de didáctica




Mar 09, 11 Conceito de didáctica

A didáctica é uma disciplina científico-pedagógica cujo objecto de estudo são os processos e os elementos que existem na aprendizagem. Trata-se do ramo da pedagogia que se ocupa dos sistemas e dos métodos práticos de ensino, destinados a colocar em prática as directrizes das teorias pedagógicas.

Vinculada à organização escolar e à orientação educativa, a didáctica busca fundamentar e regular os processos de ensino e aprendizagem. Entre os componentes do acto didáctico, pode-se mencionar o docente (professor), o discente (aluno), o contexto da aprendizagem e o currículo.

No que diz respeito à qualificação da didáctica, pode ser entendida de diversas formas: como pura técnica, ciência aplicada, teoria ou ciência básica da instrucção. Os modelos didácticos, por sua vez, podem ser teóricos (descritivos, explicativos e preditivos) ou tecnológicos (prescritivos e normativos).

Ao longo da história, a educação foi actualizando os seus modelos didácticos. Inicialmente, os modelos tradicionais focavam-se corpo docente e nos conteúdos (modelo processo-produto), sem prestar atenção aos aspectos metodológicos, ao contexto nem aos alunos.

Com o tempo, foi-se passando para um sistema de modelos activos que promovem a compreensão e a criatividade através do descobrimento e da experimentação. Por outro lado, o modelo de mediação pretende desenvolver as capacidades de auto-formação. Graças à aplicação das ciências cognitivas à didáctica, os novos modelos didácticos foram-se tornando mais flexíveis e abertos.

Hoje em dia, pode-se descrever três grandes modelos de referência: o modelo normativo (centrado no conteúdo), o modelo incitativo (baseado no aluno) e o modelo aproximativo (focalizado na construção do saber por parte do aluno).