Conceito de diversidade




Fev 03, 11 Conceito de diversidade

A diversidade (do latim diversĭtas) é uma noção que se refere à diferença, à variedade, à abundância de coisas distintas ou à divergência. Por exemplo: “O Jardim Zoológico de Lisboa apresenta uma ampla variedade de espécies animais”, “A variedade de pratos à escolha neste restaurante é impressionante”, “Quem me dera ter uma variedade de camisas mais ampla para poder escolher a mais apropriada para cada ocasião”.

A diversidade cultural faz alusão à convivência e interacção entre diferentes culturas. A existência de múltiplas culturas é considerada como um activo importante da humanidade pelo facto de contribuir para o conhecimento. Cada pessoa, por outro lado, tem o direito a que a sua cultura seja respeitada tanto por outras pessoas como pelas autoridades.

Em muitas ocasiões, a sobrevivência de uma cultura vê-se ameaçada pelo avanço de outra cultura com vocação hegemónica. Nestes casos, o governo e as instituições devem proteger a cultura que tiver menos poder de modo a garantir a sua subsistência, assegurando, por conseguinte, a diversidade cultural.

Por outro lado, entende-se por diversidade sexual a existência de distintas orientações e identidades sexuais. As minorias, como os homossexuais e os bissexuais, encarregam-se de defender este conceito para que os seus direitos não sejam violados.

A diversidade biológica ou biodiversidade abarca a imensa variedade de seres vivos que habitam o planeta após milhões de anos de evolução. O equilíbrio ambiental depende da preservação e da protecção da biodiversidade.

A diversidade ecológica, por fim, refere-se à variedade de espécies existentes dentro de um mesmo ecossistema.