Conceito de edifício




Abr 05, 13 Conceito de edifício

Do latim aedificĭum, um edifício é uma construção fixa que serve de alojamento humano ou que permite realizar várias actividades. A origem etimológica do termo está relacionada com o acto de “fazer fogo/lume”, tendo em conta que as primeiras construções humanas tinham o objectivo de proteger contra os incêndios (para evitar que estes fossem apagados pelo vento ou pela chuva).

Os materiais e as técnicas utilizadas para a construção de edifícios foram mudando e evoluindo com o avançar da história. Chama-se arquitectura à ciência que se dedica à arte da construção de edifícios.

A noção de edifício, em sentido estrito, permite fazer referência a qualquer construção feita pela acção humana. Um teatro ou uma igreja, por exemplo, são edifícios. No entanto, a linguagem do dia-a-dia recorre ao termo para mencionar as construções verticais que tenham mais de um andar (ou piso).

Os edifícios, por conseguinte, estão relacionados com os prédios, os arranha-céus ou as torres, que servem de residência permanente às pessoas ou cujas instalações abrigam escritórios. Exemplos: “A minha tia vive num edifício que tem 22 andares”, “Com tantos edifícios na costa, a praia tem cada vez menos sol”.

Em termos de propriedade, há que referir os edifícios públicos (pertencem ao Estado) os edifícios privados (o dono é uma pessoa singular ou colectiva). Relativamente ao uso, existem edifícios governamentais (que albergam delegações do governo), edifícios industriais (onde se desenvolvem actividades produtivas), edifícios comerciais (compostos por uma ou várias lojas), edifícios militares (como os quartéis) e os edifícios residenciais (usados como habitações), entre outros.