Conceito de efeito de estufa




Nov 01, 11 Conceito de efeito de estufa

O efeito de estufa é um fenómeno pelo qual certos gases retêm parte da energia emitida pelo solo depois de ter sido aquecido pela radiação solar. Produz-se, portanto, um efeito de aquecimento semelhante àquele que ocorre numa estufa, com um aumento da temperatura.

Apesar de o efeito de estufa se produzir pela acção de vários componentes da atmosfera planetária, o processo de aquecimento tem vindo a acentuar-se nas últimas décadas devido à acção do homem, com a emissão de dióxido de carbono, metano e outros gases.

É importante ter em conta que o efeito de estufa é essencial para o clima da Terra. O problema reside na contaminação uma vez que, numa situação de equilíbrio, a quantidade de energia que chega ao planeta pela radiação solar é compensada com a quantidade de energia emitida para o espaço; portanto, a temperatura terrestre mantém-se constante.

O efeito de estufa é uma das causas do aquecimento global, segundo a teoria que sustenta que a temperatura terrestre aumentou nos últimos tempos e que, se o homem não mudar os seus comportamentos, continuará a aumentar. Caso a temperatura aumente fora dos níveis normais, aumentará o nível do oceano e grandes regiões habitadas acabarão por ficar inundadas.

Para evitar esses problemas, vários governos assinaram o Protocolo de Quioto, um tratado internacional que procura limitar as emissões de gases com efeito de estufa. No entanto, há países que se recusam a aceitar o protocolo por considerarem que pode prejudicar as respectivas economias.