Conceito de elogio


Out 11, 13

Do latim elogĭum, um elogio é o louvor dos méritos e das qualidades positivas de uma pessoa, de um objecto ou de um conceito. O elogio consiste numa afirmação que se pode realizar tanto a nível privado como de publicamente. Exemplos: “Admira-me receber um elogio de alguém como tu”, “A imprensa não poupou elogios para descrever a actuação do tenista chileno”, “Dizem-me sempre que sou um homem temperamental, o que eu considero um elogio”.

O elogio tem um efeito positivo sobre a saúde mental do individuo. Alguns psicólogos defendem que dar e receber elogios é saudável e benéfico, uma vez que contribui para melhorar a auto-estima. Ao receber elogios, conseguimos uma influência positiva sobre a nossa personalidade e o nosso carácter.

Se uma pessoa começar a trabalhar e, no final da sua primeira semana laboral, receber um elogio da parte do seu chefe, irá sentir-se motivado para continuar a trabalhar com afinco e boa disposição.

O contrário do elogio é a crítica. Se o sujeito do exemplo anterior receber um comentário crítico no seu primeiro dia de trabalho, o mais provável é que se desmotive e se sinta muito pressionado, o que acabará por prejudicar o seu rendimento.

Em alguns casos, os elogios e as críticas geram pouca ou nenhuma influência no indivíduo. As pessoas que sofrem de autismo ou esquizofrenia, por exemplo, são pouco permeáveis aos estímulos verbais.

A utilização de elogios e críticas reflecte a subjectividade da pessoa que os pronuncia. Aquilo que pode ser elogioso para uns, pode passar despercebido ou parecer negativo para outros.