Conceito de energia hidráulica




Ago 09, 13 Conceito de energia hidráulica

A capacidade de transformar ou pôr em movimento algo conhece-se pelo nome de energia. Este termo também permite mencionar o recurso natural que pode ser explorado industrialmente com a aplicação da tecnologia e diversos recursos.

A hidráulica, do latim hydraulĭcus, faz referência àquilo que se move por meio de fluídos. O conceito é usado, em geral, para designar a arte de conter, conduzir e elevar as águas.

Estas definições permitem-nos fazer uma abordagem da energia hidráulica, que é o tipo de energia que se produz pelo movimento da água. Igualmente conhecida como energia hídrica, obtém-se a partir do aproveitamento da energia cinética e potencial das correntes, das marés ou dos saltos de água.

A energia hidráulica faz parte das energias renováveis (não se esgotam com o seu uso). Quando a sua exploração é levada a cabo de forma directa, sem a construção de barragens ou alterar o curso da água, pode se enquadrar nas energias verdes, já que o seu impacto ambiental é praticamente nulo.

O uso desta energia tem vários séculos. Os campestres costumavam usar moinhos instalados junto ao rio para aproveitar a energia hidráulica. Actualmente, existe uma grande indústria associada à energia hidráulica a partir da construção de represas com centrais hidroeléctricas capazes de produzir electricidade.

Estas centrais provocam importantes consequências ecológicas, como a inundação de grandes extensões de terreno (até localidades inteiras) e a alteração ou a destruição dos ecossistemas aquáticos. Por isso, neste caso, não se pode dizer que a energia hidráulica seja amiga do meio ambiente.