Conceito de energia renovável


Jul 26, 13

A energia é um recurso natural que se pode aproveitar industrialmente a partir da aplicação da tecnologia e de diversos recursos associados. O conceito também permite referir-se à capacidade de por em movimento ou de transformar algo.

Renovável, por sua vez, é aquilo que pode ser renovado. O verbo “renovar” está associado a substituir algo, por de novo, transformar ou reestabelecer algo que se tinha interrompido.

A noção de energia renovável faz menção ao tipo de energia que se pode obter de fontes naturais virtualmente inesgotáveis, uma vez que contêm uma imensa quantidade de energia ou que se podem regenerar naturalmente.

A energia eólica, a energia solar e a energia geotérmica são exemplos de energias renováveis não poluidoras (energias verdes), já que a sua utilização supõe uma pegada ecológica (ambiental) bastante reduzida. As energias que se obtêm a partir da biomassa, no entanto, são energias renováveis poluentes.

As energias não renováveis são aquelas cuja fonte não se pode regenerar. Noutros termos, aquilo que se gasta não pode ser reposto. Os combustíveis fósseis como o petróleo, o carvão ou o gás natural são energias não renováveis.

Logicamente, o ser humano deveria apostar em energias renováveis para garantir a sua subsistência enquanto espécie. Estima-se que o Sol abastecerá as fontes de energia renovável (através da radiação solar, da sua incidência nas chuvas, do vento, etc.) durante, pelo menos, quatro mil milhões de anos. O uso destas energias, por outro lado, não gera gazes com efeito de estufa nem outras emissões poluidoras.

Entre os pontos desfavoráveis no que diz respeito às energias renováveis, destaca-se a sua irregularidade (não é possível usar energia eólica se não houver vento, por exemplo).