Conceito de engenho


Jun 12, 13

Do latim ingenĭum, o engenho é a faculdade/qualidade de uma pessoa para inventar com prontidão ou resolver algo com facilidade. O conceito está associado à intuição, à criatividade, à astúcia e ao talento. Exemplos: “Para resolver este enigma, é necessário mais engenho do que propriamente força”, “O actor respondeu às perguntas mais complicadas dos jornalistas com simpatia e engenho”, “O último capítulo do romance demonstra bem o engenho do autor para encerrar tão lindamente uma história complexa”.

O engenho também é uma questão de talento, destreza, espírito inventivo e habilidade para captar e mostrar o lado engraçado das coisas. Uma pessoa engenhosa pode fazer rir os outros no meio de uma situação formal ou estruturada com uma graça pertinente ou um comentário jocoso em momento oportuno.

No Brasil, dá-se o nome de engenho à máquina de moer a cana-de-açúcar e à máquina de fazer aguardente de cana (rum). Também se chama assim a máquina para desarestar o linho. Os engenhos estenderam-se pelo território americano graças às condições climáticas apesar de a cana-de-açúcar não ser um cultivo autóctone desse continente, uma vez que foi introduzido pelos europeus.

Em português de Portugal, um engenho é um mecanismo, mais precisamente um aparelho para tirar água dos poços.

Por fim, no âmbito militar, é considerado engenho qualquer arma colectiva pesada da infantaria, como os morteiros e as metralhadoras.