Conceito de entusiasmo


Mar 07, 13

O entusiasmo é a exaltação do ânimo que se produz por algo que cativa ou que se admira. O termo deriva do latim tardio enthusiasmus, embora a sua origem mais remota reside na língua grega. Para os Gregos, entusiasmo significava “ter um Deus dentro de si”. A pessoa entusiasmada, por conseguinte, era aquela que era guiada pela força e pela sabedoria de um Deus, capaz de fazer com que acontecessem determinadas coisas.

Actualmente, considera-se entusiasmo aquilo que nos move a realizar uma acção, a promover uma causa ou a desenvolver um projecto. Exemplos: “Vou tentar despertar o seu entusiasmo com a leitura de um livro de contos”, “O Jorge perdeu o entusiasmo pelo trabalho desde que lhe cortaram no salário”, “Sinto um grande entusiasmo devido à viagem que estamos prestes a fazer”.

O entusiasmo pode entender-se como o motor do comportamento. Quem está entusiasmado com algo, esforça-se nos seus trabalhos e demonstra uma atitude positiva, já que tem um objectivo em mente. Um trabalhador redobrará os seus esforços se souber que pode ter acesso a um aumento de salário graças a um bom desempenho; em contrapartida, se desconfiar ou descobrir que qualquer esforço for em vão, é provável que perca o entusiasmo.

A felicidade e o bem-estar interior também estão relacionados com o entusiasmo, que pode surgir de forma natural e espontânea, sem que haja motivos concretos ou específicos. Uma pessoa que sinta alegria estará entusiasmada a enfrentar a sua vida diária e quotidiana. No entanto, aqueles que sofrem de depressão e outros distúrbios psicológicos dificilmente se podem entusiasmar com o que quer que seja.