Conceito de essência


Nov 14, 12

A essência é aquilo que é invariável e permanente que constitui a natureza das coisas. O termo provém do latim essentĭa que, por sua vez, deriva de um conceito grego. Trata-se de uma noção que tenta referir-se ao que é característico e mais importante de uma coisa.

A essência é aquilo que faz que um ser ou um objecto seja aquilo que é. Para a metafísica, a essência é a realidade persistente num ser mais além das modificações que surgem acidentalmente.

Conhece-se por essencialismo o conjunto de doutrinas que se dedicam ao estudo da essência. O essencialismo filosófico sustenta que a essência precede à existência, algo que nega a liberdade do sujeito.

O escritor e aviador francês Antoine de Saint-Exupéry escreveu, na obra “O Principezinho”, a famosa frase “o essencial é invisível aos olhos”. Com estas palavras, tenta explicar que aquilo que constitui verdadeiramente um ser não é o seu aspecto físico ou a sua aparência, uma vez que a essência é dada pelos sentimentos.

Para a química, a essência é uma substância líquida que se forma pela mistura de hidrocarbonetos e que apresenta características similares às gorduras embora mais voláteis e com um odor que se impregna mais.

Num sentido semelhante, as essências são perfumes (ou extractos) líquidos concentrados de uma substância aromática. Por exemplo: “Vou comprar uma essência de rosas para perfumar o nosso quarto”, “O flan que eu vou fazer leva várias gotas de essência de baunilha”.