Conceito de etimologia




Set 22, 12 Conceito de etimologia

Do latim etymologĭa, que, por sua vez, tem origem num vocábulo grego, a etimologia é uma especialidade linguística que estuda a origem das palavras ao considerar a sua existência, significação e forma.

Em concreto, a etimologia analisa de que forma uma palavra se incorpora num idioma, qual é a sua fonte e como variam as suas formas e os seus significados ao longo do tempo. A linguística comparativa permite reconstruir a história das línguas antigas que não deixaram registos directos, como textos escritos, por exemplo. A etimologia, nestes casos, baseia-se nos conhecimentos oferecidos pela linguística comparativa para inferir questões relacionadas com o vocabulário.

Ao estudar a etimologia, podemos desenvolver a nossa compreensão sobre o significado preciso das palavras, ampliar o nosso vocabulário e aperfeiçoar a ortografia. É importante ter em conta que as línguas evoluem com o seu uso, o que faz que as palavras sofram modificações e se adaptem de acordo com o momento histórico. Aquilo que uma palavra significava há um século pode não ser o mesmo que significa hoje em dia e muito menos no futuro.

Os estudos etimológicos indicam que o português é uma língua romântica, isto é, deriva do latim vulgar, e cujos impulsores foram os Romanos, por volta do ano 200 a.C. As palavras do vocabulário português, ainda assim, têm diversas raízes. Há palavras que provêm do árabe (“oxalá”), do catalão (“paelha”), do grego (“atletismo”), do francês (“soutien”), do inglês (“líder”) e do italiano (“máscara”), entre outros idiomas. Trata-se de termos que foram adaptados pelo idioma português até os tornar como seus.