Conceito de ginástica




Jan 23, 12 Conceito de ginástica

Do latim gymnasĭa, a ginástica é a disciplina que visa desenvolver, fortalecer e dar flexibilidade ao corpo através de rotinas de exercícios físicos. Podem ser levados a cabo para fins de competição, como o desporto, ou para fins recreativos (lazer).

A Federação Internacional de Ginástica (FIG) é a organização encarregada de regular a prática desportiva da ginástica. Esta associação reconhece seis modalidades: geral, artística, aeróbica, acrobática, rítmica e de trampolim.

A ginástica geral é realizada em grupos a partir de seis pessoas e consiste na execução sincronizada de coreografias. A ginástica artística engloba a expressão corporal ao ritmo da música, ao passo que a ginástica aeróbica implica movimentos de maior intensidade.

A ginástica acrobática é uma modalidade colectiva que se realiza com aprestos; a ginástica rítmica só existe na modalidade feminina e também requere a utilização de elementos (como a bola ou o arco). Por fim, a ginástica de trampolim, como o seu nome indica, é levada a cabo com uma plataforma sobre a qual se salta.

Para além da vertente desportiva, dá-se o nome de ginástica a toda a actividade física realizada por uma pessoa. Saltar à corda, fazer caminhadas ou abdominais pode considerar-se, a nível geral, como “fazer ginástica”. A prática de exercício físico é recomendada para melhorar a qualidade de vida, uma vez que promove a saúde e a sensação de bem-estar, para além de ajudar a definir (tonificar, esculpir, etc.) o corpo e, por conseguinte, a imagem da pessoa.

Por fim, a ginástica é a prática ou o exercício feito em qualquer tipo de actividade. Por exemplo: “Tenho cinco filhos, faço imenso ginástica só para os vestir, dar-lhes o pequeno-almoço e levá-los ao infantário todas as manhãs antes de ir trabalhar”.