Conceito de gótico


Jan 08, 13

Do latim gothĭcus, gótico é um adjectivo que faz referência àquilo que pertence ou que é relativo aos Godos. Este era um povo que se encontrava atrás da fronteira oriental do Império Romano e que fazia parte do grupo que os Romanos denominavam bárbaros.

Chama-se gótica à arte desenvolvida na Europa entre o século XII e o Renascimento. Este estilo artístico apresenta várias similaridades com o seu antecessor (o românico), como o predomínio do religioso e uma concepção atemporal das obras. De qualquer forma, a arte gótica propôs catedrais bastante luminosas, ao contrário das escuras igrejas do românico.

A concepção de gótico, contudo, variou com a época. Com a revitalização do medievalismo que foi levado a cabo durante o período romântico, o gótico passou a associar-se com o que é mórbido e sinistro.

Actualmente, existe uma subcultura gótica que ganhou grande impulso a partir de finais dos anos 70 no Reino Unido e que rapidamente se expandiu pelo mundo. A literatura e os filmes de terror são as suas principais influências, que se reflectem na vestimenta (associada à época do Renascimento), nos penteados, na maquilhagem e, inclusive, no gosto musical.

Gótico é uma noção que se associa à obscuridade ou à música dark. Aqueles que se identificam com este movimento tendem a ser andróginos: homens e mulheres maquilham-se da mesma forma, destacando-se a palidez na tonalidade do rosto e usando verniz preto nas suas unhas. O preto também é a cor preferida na vestimenta.