Conceito de guerra




Mai 12, 12 Conceito de guerra

A noção de guerra está relacionada com termos como combate, batalha, luta, briga ou confronto. Em geral, todos estes conceitos são substituíveis entre si e sinónimos embora cada um deles tenha um uso específico que se adequa melhor consoante o caso. Por exemplo, é correcto falar-se de “combate entre boxistas”, mas não de “guerra entre boxistas”.

Guerra refere-se, na sua acepção mais habitual, à luta armada ou ao conflito bélico entre duas ou mais nações ou bandos. Implica o rompimento de um estado de paz e dá origem a um confronto com todo o tipo de armas e que costuma provocar um elevado número de mortes.

A guerra pode ser classificada de diversas formas de acordo com as suas características. Uma guerra preventiva é aquela que é iniciada por uma nação com o argumento de que outro país se preparara para a atacar. Este tipo de iniciativa foi proposto pelo ex-presidente norte-americano George W. Bush no Iraque.

Uma guerra civil é aquela que envolve os habitantes de um mesmo povo ou país. Nestes casos, não há ingerência directa de outros países. Por exemplo: o confronto entre a guerrilha, o exército e os paramilitares na Colômbia.

A guerra santa é aquela que é promovida por motivos religiosos. Actualmente, certos grupos muçulmanos empreendem acções violentas neste contexto.

Conhece-se como guerra suja as acções que se praticam fora de qualquer quadro legal ou declarado. O combate à guerrilha argentina que teve lugar na década de 70 é um exemplo.

Por fim, podemos mencionar que o termo guerra também é usado para fazer alusão a qualquer combate ou oposição no sentido moral e psicológico. Inclusive, existe o conceito de guerra fria, quando duas ou mais nações tentam minar o regime político inimigo através da influência económica, da propaganda e da espionagem, mas sem violência directa.