Conceito de higiene ambiental




Abr 19, 12 Conceito de higiene ambiental

Higiene é um termo que diz respeito à limpeza e ao asseio. No caso da higiene ambiental, o conceito relaciona-se com o facto de preservar as condições sanitárias do meio envolvente de modo a evitar que este prejudique a saúde das pessoas.

A higiene ambiental, por conseguinte, implica a vigilância perante os factores químicos, físicos e biológicos externos à pessoa. Tendo em conta que se trata de factores que podem ter repercussões sobre a saúde, o objectivo da higiene ambiental consiste precisamente em prevenir as doenças através da criação de espaços saudáveis.

Dá-se o nome de medicina ambiental à área que se preocupa com os agentes causadores de doenças que tenham sido introduzidos no ambiente pela acção humana. A higiene ambiental deve cuidar da saúde tanto das gerações actuais como das vindouras.

A higiene ambiental inclui, regra geral, actividades de desinfecção (para controlar as bactérias, as pragas e os organismos que são nocivos para a saúde), de fumigação, de desinfestação e de desratização.

Por exemplo: se, numa rua qualquer, alguém atirar, deitar ou verter resíduos tóxicos, compete ao Estado a limpeza correspondente recorrendo a empresas especializadas em higiene ambiental. Desta forma, evita-se que as crianças e os sujeitos que por lá passam adoeçam por estarem expostos a esses resíduos.

Eliminar os ratos de um gabinete de atendimento ao público é outro exemplo de como se protege a higiene ambiental. Estes animais podem dar origem a diversas doenças nos seres humanos. O mais habitual, caso sejam detectados ratos ou ratazanas, é evacuar a zona em questão e deixar actuar os especialistas.