Conceito de higiene mental




Out 25, 11 Conceito de higiene mental

A higiene mental é o conjunto de actividades que permitem que uma pessoa esteja em equilíbrio com o seu ambiente sociocultural. Estas acções tentam prevenir o surgimento de comportamentos que não se adaptem ao funcionamento social e garantir o equilíbrio psicológico imprescindível para que o sujeito goze de uma boa saúde mental.

A sociedade deve preocupar-se em criar um ambiente propício para que todas as pessoas se encontrem em equilíbrio com o meio envolvente. A família, o sistema educativo, o Estado e a religião, por exemplo, contribuem para a higiene mental e influenciam-na.

A autonomia, o bem-estar subjectivo, o potencial emocional e a competitividade fazem parte dos factores que deve cuidar a higiene mental. É importante ter em conta que a ausência de distúrbios mentais reconhecidos (como a esquizofrenia ou a psicose) não significa obrigatoriamente que a pessoa em questão tenha bem-estar mental.

A saúde mental de um indivíduo reflecte-se no seu comportamento diário e está associada à capacidade para gerir os seus receios e as suas angústias, controlar a ansiedade, enfrentar as dificuldades e aliviar as tensões. Todas as pessoas deveriam poder andar com a sua vida para a frente de forma independente sem que as relações interpessoais afectassem o seu poder de decisão e resolução.

A higiene mental deve ser cuidada por cada indivíduo através de hábitos positivos que lhe permitam manter o equilíbrio interno. A valorização positiva das características próprias e alheias, a catarse emocional e o reforço da auto-estima são algumas das questões que qualquer pessoa deve trabalhar para proteger a sua higiene mental e para evitar desequilíbrios psicológicos que lhe impeçam de se desenvolver com normalidade.