Conceito de igreja




Jul 17, 12 Conceito de igreja

O termo ecclesĭa, cuja origem deriva de um vocábulo grego que significa “assembleia”, permite fazer referência ao templo cristão. Trata-se da edificação onde têm lugar serviços religiosos públicos e são apresentadas imagens ou relíquias adoradas (ou veneradas) pelos fiéis. Por exemplo: “Todos os domingos de manhã, vou à igreja pedir pela saúde da minha mãe”, “Vemo-nos esta tarde à porta da igreja”.

A igreja costuma ser denominada como a “casa de Deus” já que, apesar de Este ser omnipresente, é nos templos que a comunidade cristã se reúne para rezar e participar em rituais como a missa. Abadia, basílica, catedral, capela, convento, mosteiro e paróquia são diferentes noções associadas aos tipos de igreja ou templos.

A palavra igreja também permite fazer alusão à congregação dos fiéis cristãos, ao conjunto do clero e ao povo de um território onde o cristianismo tem crentes (adeptos), ao governo eclesiástico em geral (a Igreja católica) e às comunidades cristãs que se autodefinem como igreja (a igreja anglicana, a igreja luterana, etc.).

Enquanto comunidade em geral, a igreja é o conjunto de todos os cristãos que tenham recebido o sacramento do baptismo (e, por conseguinte, são reconhecidos como filhos de Deus). Os membros da igreja acreditam em Cristo como salvador e messias.

A Igreja católica tem-se mantido na sucessão apostólica desde o apóstolo Pedro até ao Papa actual (Bento XVI). Os protestantes, em contrapartida, negam o valor da tradição apostólica.