Conceito de imputação


Ago 13, 14

Imputação é um termo com origem no vocábulo latino imputatĭo. O conceito é utilizado para designar a acção e o efeito de imputar (atribuir a responsabilidade de um feito reprovável a uma pessoa; assinalar a aplicação de uma quantidade para que seja tomada em conta num registo).

Exemplos: “A imputação do delito surpreendeu o empresário, o qual garante que não tem nada que ver com o ocorrido”, “Rupertson demonstrou ser um juiz muito valente ao anunciar a imputação do deputado”, “O contabilista esqueceu a imputação dos novos impostos”, “Com a imputação das vendas do último mês, o ano regista um saldo positivo”.

No âmbito do direito, a imputação é o acto que implica a acusação formal a uma pessoa de um delito concreto. A partir do momento da imputação, o acusado pode exercer o seu direito à defesa e deixa de estar submetido aos deveres dos testemunhos (como dizer a verdade sob a pena de perjúrio).

Para a estatística, conhece-se como imputação a substituição de valores que não tenham sido informados numa observação por outros valores. Esta etapa é necessária para o tratamento dos dados a partir de certas técnicas estatísticas, que consideram dados que não são observados por terem sido imputados.

Na economia, por último, conhece-se como teoria da imputação uma teoria do austríaco Friedrich von Wieser que sustenta que os factores se combinam em proporções fixas em cada indústria, o que não acontece nas indústrias diferentes.