Conceito de infância




Out 23, 11 Conceito de infância

Com origem na palavra latina infantĭa, a infância é o período da vida humana desde que se nasce até à puberdade/adolescência. O conceito permite fazer alusão ao conjunto das crianças dessa faixa etária e aos primeiros anos de existência de uma coisa, instituição, etc. (por exemplo, “a infância de uma instituição”).

Em alguns países, o termo “infante” (do latim infantis) é uma denominação legal que se refere às crianças menores de 7 anos. Etimologicamente, infantis é um termo composto por in (uma negação) e pelo particípio do verbo faris (“falar”). Portanto, chamava-se infantis às crianças mais novas que ainda não tinham aprendido a falar.

De acordo com a Convenção sobre os Direitos da Criança, entende-se por criança todo o ser humano menor de dezoito anos de idade, salvo se, em virtude da lei que lhe seja aplicável, tenha atingido antes a maioridade.

Ao longo da história e consoante as diferentes culturas, o conceito de infância foi sofrendo alterações. Ainda que a vida das crianças siga certos padrões próprios da maturidade psicobiológica, também se vê influenciada pelos modelos culturais predominantes.

No século XX, surgiram diversas organizações internacionais para promover a protecção da criança, como a Save The Children. Ao mesmo tempo, foram implementadas políticas públicas para lutar contra o trabalho ou à exploração infantil. O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), por sua vez, também trabalhou em torno da alimentação e da escolarização.