Conceito de lei periódica




Jun 07, 11 Conceito de lei periódica

A lei periódica é a base da tabela periódica dos elementos. De acordo com esta lei, as propriedades físicas e químicas dos elementos tendem a repetir-se sistematicamente consoante aumenta o número atómico. A tabela é portanto um esquema que apresenta os elementos químicos segundo a ordem crescente do número atómico.

O químico britânico John Alexander Reina Newlands (1838-1898) foi um dos precursores deste conceito ao propor a Lei das Oitavas, segundo a qual em cada oito dos elementos se encontram propriedades similares. Partindo da mesma ideia, Newlands elaborou uma tabela periódica em 1863.

O químico alemão Julius Lothar Meyer (1830-1895) baseou-se nestas noções para determinar os volumes atómicos dos elementos. Depois de calcular os pesos (massas) atómicos e dispor os respectivos valores sob a forma de gráfico, pôde comprovar que o aumento do peso atómico correspondia a um incremento das propriedades físicas. Os trabalhos de Meyer referentes à lei periódica foram publicados em 1870.

No entanto, foi o químico russo Dmitri Mendeleiev (1834-1907) que ficou com o mérito histórico de criador da tabela periódica dos elementos. Mendeleiev ordenou os elementos de acordo com a sua massa atómica, colocando numa mesma coluna aqueles que tinham algo em comum. A sua tabela, apresentada em 1869, tem por base a variação manual das propriedades químicas.

Na vertical, as colunas da tabela periódica são conhecidas pelo nome de grupos e incluem elementos com uma mesma valência atómica (e, por conseguinte, propriedades similares entre si). Por sua vez, as linhas, que se encontram na horizontal, chamam-se períodos e apresentam elementos com propriedades diferentes mas massas similares.