Conceito de leitura




Mai 11, 11 Conceito de leitura

A leitura é um processo de apreensão/compreensão de algum tipo de informação armazenada num suporte e transmitida mediante determinados códigos, como a linguagem. O código pode ser visual, auditivo e inclusive táctil, como o sistema Braille. Convém destacar que nem todos os tipos de leitura se apoiam na linguagem É o caso, por exemplo, dos pictogramas ou ainda das partituras de música.

A mecânica da leitura implica a activação de vários processos. A fisiologia (já que a leitura é uma actividade neurológica), por exemplo, permite compreender a capacidade humana de leitura do ponto de vista biológico (através do estudo do olho humano e da capacidade de fixar a vista).

A psicologia, por sua vez, ajuda a conhecer o processo mental que se põe em funcionamento durante a leitura, tanto na descodificação de caracteres, símbolos e imagens como na associação da visualização com a palavra.

A leitura consta, basicamente, em quatro passos: a visualização (um processo descontínuo, uma vez que o olhar/a vista não desliza de fora contínua sobre as palavras), a fonação (a articulação oral, consciente ou inconsciente, através da qual a informação passa da vista à fala), a audição (a informação passa para o ouvido) e a cerebração (a informação chega ao cérebro e culmina o processo de compreensão).

Existem diversas técnicas de leitura, que permitem adaptar a forma de ler ao objectivo que o leitor deseja alcançar. Geralmente, procura-se maximizar a velocidade ou a compreensão do texto. Como estes objectivos são contrários e se confrontam entre si, a leitura ideal implica um equilíbrio entre os dois.