Conceito de língua




Mai 01, 11 Conceito de língua

A palavra língua tem várias acepções. Por um lado, refere-se ao órgão muscular que se situa na cavidade bucal dos animais vertebrados e que permite degustar, deglutir, mastigar e articular os sons que lhes são próprios.

Trata-se do órgão mais forte do corpo humano, com uma musculatura de origem hipobranquial como a epiglote. Tem uma face superior, também conhecida como o dorso da língua, a qual apresenta a forma de V (o sulco terminal, aberto para a frente e formado pelas papilas caliciformes). Na face inferior (a parte ventral), encontra-se o freio (ou o filete), que limita os movimentos da língua e que é bastante resistente.

Por outro lado, o conceito de língua pode fazer referência ao idioma, que é um sistema de comunicação verbal ou gestual próprio de uma comunidade humana.

O termo língua natural permite referir-se a uma variedade linguística ou forma de linguagem humana com fins comunicativos que é dotado de uma sintaxe e que é suposto obedecer aos princípios da economia e da optimalidade. Embora as línguas naturais usem símbolos sonoros, também podem usar sinais.

No que diz respeito à língua materna, igualmente conhecida como língua popular, idioma materno, língua nativa ou primeira língua, é o primeiro idioma que aprende um ser humano.

No caso das aves, dá-se o nome de língua à hipofaringe. Também se refere à parte da armadura bucal de alguns insectos. Finalmente, a língua (ou língua-de-vaca) pode designar a solha que é típica nas costas marítimas do Sul de Portugal.