Conceito de massa atómica




Ago 09, 11 Conceito de massa atómica

A massa atómica é a massa de um átomo em repouso. Por outras palavras, a massa atómica pode ser considerada como sendo a massa total dos protões e dos neutrões num átomo único em estado de repouso. No Sistema Internacional, a sua unidade é a massa atómica unificada.

A massa atómica também costuma receber o nome de peso atómico, embora esta denominação seja propriamente correcta, uma vez que a massa é uma propriedade do corpo e que o peso depende da gravidade.

As massas atómicas dos elementos químicos podem ser calculadas com a média ponderada das massas dos vários isótopos de cada elemento, tendo em conta a abundância relativa de cada um deles, daí também a não correspondência entre a massa atómica em u.m.a. (unidade de massa atómica) de um elemento e o número de nucleões alojados pelo núcleo do seu isótopo mais comum.

Em contrapartida, a massa atómica de um isótopo coincide sempre, de forma aproximada, com a massa dos seus nucleões. A diferença ocorre, já que os elementos não são formados por um único isótopo, mas antes por uma mistura com algumas abundâncias para cada um deles, ao passo que quando é medida a massa de um isótopo em concreto não são tidas em conta as abundâncias.

De qualquer forma, devido ao defeito de massa (a diferença entre o peso isotópico de um átomo e aquele que é indicado pelo seu número de massa A), nem sequer a própria massa atómica dos isótopos equivale à soma das massas dos nucleões.