Conceito de melómano


Ago 14, 13

Um melómano é um indivíduo fanático por música. Trata-se de uma pessoa que sente um amor desmedido e até excessivo pela música, dedicando o seu tempo e o seu dinheiro para desfrutar dessa arte.

Exemplos: “A mim, pouco me interessam os luxos e as viagens: eu sou melómano e invisto todos os meus rendimentos em discos e concertos”, “O romancista, reconhecido melómano, apresentou um livro cujo protagonista é um maestro”, “Tenho mais de 2.000 ficheiros no meu MP3, mas não me considero um melómano”.

O termo melómano provém de um vocábulo grego composto pelo prefixo melos (“canto”) e pelo sufixo manos (de onde deriva a noção de mania). A melomania, por conseguinte, é uma espécie de loucura ou tendência ao furor relacionado com a música.

Ao contrário de outras manias, a melomania não é considerada como um distúrbio psicológico nem como uma doença. Pode-se dizer que a melomania não constitui qualquer risco para a pessoa nem para quem a rodeia.

O melómano tem um interesse praticamente exclusivo na música. É possível que existam outros hobbies na sua vida, como o desporto ou o cinema, mas nenhuma lhe desperta a mesma atenção como a música.

Embora se possa dizer que qualquer amador de música seja melómano, o conceito reserva-se exclusivamente àqueles que têm um laço particular com a música, seja como ouvinte ou criador. Em geral, as pessoas que trabalham na indústria da música são melómanas, ao dedicarem tempo e esforço ao estudo, à produção e ao desenvolvimento de canções, melodias, etc.