Conceito de mistura




Mar 22, 11 Conceito de mistura

Uma mistura é uma matéria constituída por diferentes moléculas. Por sua vez, às matérias formadas por moléculas que forem todas iguais dá-se-lhes o nome de composto químico ou substância quimicamente pura.

Numa mistura, não se produzem modificações químicas. Porém, as propriedades químicas podem diferir consoante os diferentes constituintes. Em geral, as misturas podem ser separadas (isto é, isolados os seus constituintes) por meio de métodos mecânicos.

Pode-se dizer que a mistura consiste na agregação ou incorporação de várias substâncias ou corpos que não têm qualquer acção química entre si.

Existem dois grandes tipos de misturas: as misturas homogéneas e as misturas heterogéneas. As misturas são ditas homogéneas quando se unem substâncias puras em proporção variável, sem que nenhuma perca as suas propriedades originais. Estas misturas, cujos componentes não podem ser vistos a olho nu pelo facto de apresentarem uma única fase, chamam-se dissoluções.

As misturas heterogéneas, por sua vez, constituem uma composição não uniforme, como acontece com a areia e com os molhos para saladas. Entre as misturas heterogéneas, destacam-se as suspensões e as misturas coloidais.

Por fim, cabe destacar que a noção de mistura faz referência a uma alteração da ordem das coisas ou à combinação entre coisas que são diferentes entre si: “O meu filho andou a misturar todos os documentos da empresa e deixou todo baralhado”, “A nossa música é uma mistura de rock e de jazz”, “A mistura entre o seu talento, o seu carácter e a sua experiencia fez dele um jogador único no mundo, capaz de vencer uma partida de futebol por si só”.