Conceito de mitómano


Ago 03, 13

Mitómano é um adjectivo que se refere àquilo que pertence ou que é relativo à mitomania. Este termo deriva do francês mythomane.

A mitomania, por sua vez, é um distúrbio psicológico que consiste em mentir de forma compulsiva e doentia. O mitómano falseia a realidade para a tornar mais suportável, chegando até a ter uma imagem distorcida de si mesmo, geralmente com a mania das grandezas (afastando-se bastante da imagem real).

Regra geral, o mitómano mente sem avaliar as consequências das suas mentiras. Por isso, usa a mentira como parte do seu comportamento social e cria sistemas falsos para suportar todas as suas desilusões.

Exemplos: “O João é mitómano, fala sempre das suas viagens pelo mundo quando, na verdade, nem sequer passaporte tem”, “Uma coisa é dizer una mentira piedosa, outra coisa é tornar-se num mitómano”, “Para ser franco, não sei como reagiria se tivesse algum membro da minha família que fosse mitómano”.

As crianças e os adolescentes podem tornar-se mitómanos se tiverem uma personalidade instável e se os pais forem excessivamente exigentes. Ao tentarem agradar ou fazer a vontade dos seus progenitores e do meio social, acabam por contar histórias descabidas e mentir com frequência.

O mitómano mente para ganhar prestígio, manipular os outros ou prejudicar. É importante ter em conta que não se trata de um transtorno inofensivo, uma vez que tem efeitos negativos tanto para quem padece de mitomania como para as pessoas que a rodeiam.

Quem mente compulsivamente enfrenta grandes situações de stress, já que deve carregar uma panóplia de irrealidades que acabam por condicionar a sua vida e as relações sociais.