Conceito de motim




Jan 22, 14 Conceito de motim

Motim, do francês mutin (“rebelde”), é o movimento desordenado de um grupo de pessoas que se vira/revolta contra a autoridade constituída ou a ordem estabelecida. Ao contrário de conceitos com rebelião ou revolta, o motim decorre num ambiente fechado, como uma cadeia ou um quartel militar.

Exemplos: “O motim na prisão fez quatro mortos e uma dezena de feridos”, “O coronel Casablanca chefiou o motim que, poucas horas depois, ficou controlado graças à intervenção do governador”, “O sujeito condenado pelo roubo ao banco foi identificado como sendo o impulsor do motim”.

Uma das acepções do termo relaciona-se com o âmbito de uma prisão. O motim, neste caso, tem lugar quando os presos começam a gerar distúrbios e se rebelam contra os guardas prisionais, exigindo geralmente melhores condições de vida ou melhoramentos na situação processual.

No contexto militar, o motim acontece dentro de um quartel ou, tratando-se da Marinha, numa embarcação. Esta revolta supõe a desobediência à cadeia de comando e à ordem hierárquica, sendo considerado um delito.

Motim também pode ser a revolta espontânea das classes baixas perante alguma forma de opressão. Um motim pode ocorrer na sequência do assassinato de uma pessoa que esteja nas mãos da polícia, o que leva a que parte da população invada as ruas como sinal de protesto para exigir justiça, com uma atitude mais ou menos violenta para com as autoridades.