Conceito de multidão


Mar 13, 13

Uma multidão, do latim multitūdo, é a abundância de pessoas ou de coisas. Por exemplo: “Tentei entrar no estádio, mas a multidão empurrou-me e acabei por ficar ferido”, “Uma multidão reuniu-se em frente à casa do cantor para lhe cantar os parabéns”.

Existem vários conceitos relacionados com a noção de multidão. Uma multitude é uma multiplicidade de indivíduos que agem em conjunto para cumprir um objectivo comum: “Uma multitude invadiu a praça central para exigir a demissão do ministro”, “O jogador de ténis argentino consagrou-se perante uma multitude que foi assistir à final do torneio no estado nova-iorquino”.

A ideia de plebe surgiu na época romana para fazer alusão àqueles que não eram patrícios. Os plebeus, por conseguinte, faziam parte dos sectores menos privilegiados da sociedade.

Conhece-se como massa o conjunto de pessoas que se comporta de forma gregária (“Uma massa furiosa destruiu as instalações da junta de freguesia”), ao passo que o povo é o total de pessoas de uma nação ou de um país (“O povo exprimiu-se nas urnas”).

Cada um destes termos (multidão, multitude, plebe, massa, povo) tem significados diferentes, pelo que são aplicados segundo o contexto. Há determinadas circunstâncias, contudo, onde o uso de um ou de outro conceito é quase indistinto.

“Uma multidão foi ao aeroporto para receber a equipa vencedora” ou “Uma multitude foi ao aeroporto para receber a equipa vencedora” são frases de sentido similar e que podem utilizar-se para descrever uma mesma situação.