Conceito de normalidade




Mai 18, 13 Conceito de normalidade

Normalidade é a qualidade ou a condição daquilo que é normal (que está em conformidade com as normas ou que se encontra no seu estado natural). Num sentido geral, o termo “normalidade” faz referência àquilo ou àquele/a que se insere nos valores médios.

Exemplos: “A equipa necessita de um jogador que fuja da normalidade e que possa resolver jogadas por si só”, “Os adolescentes fazem sempre por sair da normalidade mas, com o traje vestido, acabam por se parecer todos uns com os outros”, “Estou saturado desta situação: quero voltar à normalidade o quanto antes!”, “A empresa pagou os salários em atraso e a situação laboral voltou à normalidade”.

A normalidade de um comportamento está associada à conduta de um sujeito que não apresente diferenças significativas relativamente à conduta do resto da sua comunidade. Que os homens usem saia (kilt), isso pode fazer parte da normalidade de certas regiões da Escócia, mas é considerado anormal em muitas outras sociedades.

Não nos podemos esquecer, contudo, que a normalidade tem uma grande carga de subjectividade e que depende da condição social e da idade, entre outras questões. Para um adolescente, estar toda a noite sem dormir pode ser normal durante os fins-de-semana, ao passo que, se for um idoso a adoptar a mesma conduta, pode causar estranheza.

A normalidade também é uma unidade que permite medir a concentração de um soluto num solvente. É expressa com a letra N e pode ser definida como o número de equivalentes de soluto por cada litro de solução. A normalidade dependerá da reacção na qual participará a solução.