Conceito de ortografia




Jul 20, 12 Conceito de ortografia

Do latim orthographĭa, a ortografia é o conjunto de normas que regulam a escrita. Faz parte da gramática normativa pelo facto de ditar as regras para o uso correcto das letras e dos sinais de pontuação.

A ortografia nasce de uma convenção aprovada por uma comunidade linguística a fim de conservar a unidade da língua escrita. A instituição encarregue de regular estas normas é a Academia da Língua.

As regras ortográficas, em geral, não estão directamente relacionadas com a compreensão do texto em questão. Por exemplo: se uma pessoa que compreenda a língua portuguesa ler uma oração do género “Lebanta-te do xão, Manoel!”, não terá problemas em entender o enunciado. Porém, contém erros ortográficos. Correctamente, escreve-se “Levanta-te do chão, Manuel!”.

A ortografia contribui, sem dúvida, para a estandardização de uma língua, o que é bastante importante quando existem diversos dialectos num mesmo território, daí também fazer parte das disciplinas leccionadas na escola.

Em algumas línguas, a ortografia baseia as suas normas nos fonemas (abstracções mentais dos sons da fala), como é o caso da língua portuguesa. Porém, outras línguas, como o francês, optam por critérios etimológicos (isto é, remetem para a origem das palavras), sendo esta uma situação que promove divergências entre a escrita e a pronunciação das palavras.

Muitos escritores reconhecidos a nível mundial solicitaram a abolição ou, pelo menos, a simplificação das regras da ortografia. Um deles foi o Prémio Nobel colombiano, Gabriel García Márquez.