Conceito de país




Jan 07, 12 Conceito de país

Pode-se dizer que a palavra país, que provém de forma directa do francês pays, não tem definição própria ou exclusiva. O termo é usado como sendo o sinónimo mais usual de Estado-nação. Aliás, o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora aponta para outros conceitos para a definir, indicando que um país é uma nação, uma região ou um território.

Um país é, como tal, uma determinada área geográfica e uma entidade politicamente independente, que conta com o seu próprio governo, a sua administração, as suas leis, as suas forças de segurança e, obviamente, a sua população. Porém, um Estado pode ser formado por vários países ou nações, como é o caso da Espanha (com o País Basco e a Catalunha, por exemplo).

Como tal, a palavra país comparte, por assim dizer, o mesmo significado que o da palavra nação (do latim nātio), em especial na sua acepção como nação política. Ou seja, trata-se do âmbito jurídico-político e da soberania constituinte de um Estado.

Os países encontram-se divididos por linhas imaginárias que determinam o seu território. Estas linhas são conhecidas pelo nome de fronteiras, as quais são responsáveis pela delimitação do espaço no qual cada Estado tem a sua jurisdição.

Quando um país se encontra sob o domínio de um país remoto (isto é, que não possa decidir o seu próprio governo e administração) converte-se numa colónia.

Por fim, convém mencionar que os países são representados pelos respectivos governos em diversas organizações internacionais, as quais podem ser científicas (como a Agência Espacial Europeia, por exemplo), económicas (o Mercosur/Mercado Comum do Sul), policiais (o Interpol) ou político-económicas (a ONU, a União Europeia, etc.).